quarta-feira, 16 de junho de 2010

COPA DO MUUUNDO!

Gente,

Não tem como ignorar a COPA DO MUUUNDO nesses dias, é fato!

Então o post de hoje vai ser sobre esse acontecimento que gera tanto furduncio (como diriam os conterrâneos de mamãe rsrs) no nosso Brasil Brasuca e no resto do mundo (pelo menos nos países que estão competindo, eu acho!).

Nesta época ecoam os muitos comentários e bandeiras levantadas sobre o falso patriotismo dos brasileiros etc etc etc...

Como sempre digo, as palavras que escrevo aqui são reflexões e pensamentos MEUS! Não estou dizendo o que é certo e o que é errado, simplesmente digo o que penso neste momento e, graças ao meu bom e misericordioso Deus!, pode ser que eu mude de opinião, afinal do que valeria a pena ter relacionamentos, viver em sociedade, se isso não me transformasse ou reafirmasse aquilo que penso e sou.

Pensando sobre esse lance do falso patriotismo na COPA DO MUUUNDO, concordo com o que diz um amigo meu que, na verdade, isso nada tem a ver com patriotismo.

Ao meu ver essa muvuca toda de barulho, festa, comemoração, só tem a ver com cultura! É isso aí, cultura brasuca! Não me pergunte como ela foi criada, não me pergunte quem inventou que não se trabalha na hora de uma partida de futebol, não me pergunte quem lançou esse comércio absurdo de quinquilharias verde&amarelas. Só sei de uma coisa... isso virou cultura brasileira e ponto.

Você pode achar chato, insano, medíocre, ridículo, sei lá... somos livres e temos o direito de gostar e não gostar das coisas ao nosso redor, mas dizer que isso é besteira?! P-E-R-A-L-Á, né!

É engraçado como o brasileiro, principalmente o cristão, acha importante respeitar a cultura de outros países e nações, mas sequer respeita a de seu próprio país.

Você não gosta da cultura do seu país? Sorry! Mas vá reclamar com a sua mãe que te teve aqui. hehe

Você não gosta quando as pessoas param de trabalhar na hora de uma partida de futebol? Continue na labuta! Você é livre!

Você não gosta de se vestir de verde&amarelo? Vista sua cor preferida, ou use preto para simbolizar seu luto do momento, sei lá... Você é livre!

Você não gosta do barulho das mil cornetas (como eu rsrs)? Compre tampões de ouvido ou vá fazer um retiro espiritual. Você é livre!

E disso você não pode reclamar... pelo menos pra essas coisas, você é livre no nosso Brasilzão, né não?!

Domingo tem jogo do Brasil e meu pastor decidiu que não teremos culto à tarde, por causa do horário do jogo e tal... Achei o comentário dele o máximo: "Irmão, se você acha que é pecado deixar de cultuar a Deus porque na hora tem jogo de futebol, você é livre pra cultuar a Deus na sua casa". Paula curtiu isso!, não pelo fato de deixar de cultuar a Deus por causa da Copa, mas pelo fato de refletirmos e tomarmos nossas decisões e se decidirmos ser diferentes dos outros, não devemos recriminar os demais, oras!

Pra ser beeem sincera, não acredito que quem vença a COPA DO MUUUNDO seja realmente o melhor time. Se num campeonato regionalzinho de nada, a gente sabe que existem zilhões de falcatruas e interesses, num campeonato que envolve vários países e muuuuito mais grana, iria ser diferente? NUNCA!!! hehe

Mas sou brasileira, patriota de verdade ou não, assisto aos jogos do Brasil (mesmo sabendo que o resultado seja duvidoso), me caraterizo e penduro o filhote todo de verde&amarelo sim! e o mais engraçado??... Eu me emociono quando canto o hino! hehe

Antes a gente podia cantar o hino na escola, mas agora só temos a oportunidade de fazer isso junto aos maninhos da Brasiland, antes de partidas de jogos esportivos. Uma pena!

Bem, pra não sair da rotina deste blog, aqui vai uma fotenha do filhote em suas duas COPAS DO MUUUNDO (2006 e 2010).





BRASIL SIL SIL SIL SIL!!!

terça-feira, 11 de maio de 2010

"Mãe, é pá descê no Paraíso?"

É claro que eu desci! hehe
O Dia das Mães foi no domingo, mas a minha comemoração com o filhote foi no sábado. Vejam que coisa mais fofa da mãe!


















E pela primeira vez, na 4ª! festinha do Dia das Mães na escola, ele resolveu dançar em vez de brincar de "estátua" lá na frente hehe
O orgulho da coruja:

video

(...)
Que hoje eu te amo, não vou negar
Que outra pessoa não servirá
Tem que ser você sem porque, sem pra que
Tem que ser você sem ser necessário entender

(...)

^-^

segunda-feira, 3 de maio de 2010

De novo?!

Faz teeempo que não escrevo nada aqui e quando resolvi postar algo, adivinha???

É sobre MÃE de novo! (desculpem hehe)

É que hoje cedo já entrei no clima de Semana das Mães e tal, aí não dava para colocar qualquer outra coisa aqui.

Eles (nossos pirralhinhos mais lindos do mundo inteeeeeiro!) não deixam a gente dormir, descansar e fazer o que queremos. Nos fazem trabalhar muito e arduamente pra eles todo santo dia, seja cozinhando, fazendo compras das muitas coisas de criança, esfregando a roupa encardida, brincando de aventuras de super-heróis, desenhando a coleção inteira de personagens preferidos, interropendo seu programa preferido para assistir à demonstração de golpes de capoeira, ajudando na lição de casa, separando o unifome e o lanche, dando banho, escovando os dentes, fazendo aquele asseio pessoal (sempre na hora mais impópria ele grita: "Mãe já acabei!" :S), procurando jogos do Ben10 na internet (e tentando descobrir como se joga o raio do tal joguinho), separando o kit básico! sobrevivência do pequerrucho (contendo zilhões de itens, afinal é só o básico né!), procurando fazer sentido a história bíblica do dia, ditando o número de telefone da vó porque ele quer falar com ela naquela hora (mesmo que seja às 7h45 da manhã! coitada... rsrs), assistindo a Era do Gelo I, II e III pela milionésima vez para acompanhar a pipoca que você estava a fim de comer no sábado à noite, e TUDO mais que a imaginação de uma criança possa abrigar...

Olha só como minha segundona braba começou:



Então me fala se quando ele te dá um mega abraço de urso, aperta suas duas bochechas, te dá um beijo em cada uma delas e diz: "Mãe eu te amo!", você vai lá lembrar dessa lista?

NUNCA!!!

segunda-feira, 22 de março de 2010

ser MÃE é padecer no paraiso

A postagem de hoje foi escrita no fim de 2005, num antigo blog meu, e hoje está sendo publicada novamente para homenagear uma de minhas powerpuffgirlfriends. Divirtam-se!
_______________________________

Se você quer saber se realmente quer ter filhos, leia atentamente a maratona do dia-a-dia da MÃE:

Você se prepara para dormir às 23h (+ou-), afinal o bebê mamou por volta das 21h30 (deixando seus seios terrivelmente doloridos), demorou para arrotar, se melou todo com a golfada, você trocou a roupa dele e a fralda "recheada" e depois de uns 30 min ele resolveu deixar o sono vingar. Veja o lado bom, ele não teve cólicas!

Você prossegue na sua tentativa de ir para cama, morrendo de preguiça de tomar um banho ou simplesmente colocar a camisola (ou pijama, se preferir), não esquecendo de que você está com um imenso corte da cesárea, com dor nas costas, com muito sono, cansada pacas e não vê a hora de fechar os olhos e desmaiar.

Aí você se lembra de que precisa trocar a água da garrafa térmica, esterelizar a mamadeira, a chupeta, etc, repor as fraldas e o algodão em seus respectivos potes, colocar as fraldinhas de boca e roupas sujas de molho, repor o "kit sobrevivência" da malinha de passeio (afinal amanhã é dia de vacina, consulta médica ou sei lá mais o quê) e percebe que já passa da meia-noite, mas resolve ainda separar sua roupa, arrumar as bagunças jogadas na sala ou lavar uma louça esquecida na pia.

Quando você finalmente consegue dormir, já é quase 1h da manhã, mas tudo bem, deu para adiantar boa parte do trabalho. Aí você deita, mal dorme, só troca de lado e... já ouve um choro... Ai meu Deus! Já são 3h da manhã, já passaram-se 4 horas desde a última mamada!!!

E lá vai você de novo! colocar as mamas de fora para começar tudo outra vez: dar de mamar (isso leva uns 30 a 40 minutos hein!), colocar o bebê para arrotar e segurar a golfada, trocar a fralda recheada e só depois de uns 30 min, para ajudar o sono vingar o bebê, você o coloca no berço (pedindo a Deus para que ele não perceba a diferença entre o colchão e o seu colo). Vivaaa!!! Ele dormiu!!! E que os anjos digam: Amém!

Você olha novamente para o relógio e vê com seus póprios olhos (meio embaçados, é claro) que já são 4h30! Ããããhhh q sono... Aí você volta para cama e agradece a Deus por estar viva.

O quê??? Não pode ser... deve ser um pesadelo... não! não! não! Pobre mulher... é a cria de novo... e você pensa: "Mas ainda são 7h da manhã! Ele não pode esperar até umas 9h pelo menos?"

Ok, Ok, lá vai você de novo! Bem, a maratona da amamentação vocês já sabem né! O mesmo ritual, tuuuuuudo outra vez.

Aí já são 8h30 e você desiste de dormir, decide encarar os afazeres domésticos, afinal o tempo de sono do bebê é de no máximo 2 horas. Com toooooooooooodo aquele pique depois de uma noite suuuuuuuuper bem dormida, você encara o tanque, afinal as roupinhas do bebê ainda não vão para máquina de lavar (droga! tem que ser "no braço" mesmo).

Você decide tomar seu café da manhã e... quando está se deliciando com torradinhas com requeijão... Uééééééééé!! (em alto e bom som!), e já ainda são 9h30 ou 10h no máximo e... de novo!!!

E o dia passa, a vida passa, tudo passa, só não passa o seu sono (preparem-se!).

E o dia chega ao fim. Você sobreviveu ao bebê, seu bebê sobreviveu a você e assim caminha a humanidade... Aí você olha para o relógio e vê que já são 23h ou meia-noite outra vez e lá se vai mais um dia... Ainda teria tempo para uma reflexão antes da tentativa de matar o sono?? Eis a pópria:

E liiiiiiiiiiiiiindo ser MÃE!

Pegá-lo no colo e colocá-lo no seu peito para dar o suprimento que o deixa cada dia mais saudável, lindo e fofo!

Debruçá-lo no seu ombro, ouvindo e sentindo sua respiração de satisfeito pela barriguinha cheia...

Deitá-lo para trocar a fralda e perceber que ele tem cócegas nas gorduchas perninhas e uma ótima mira quando resolve demarcar o território dizendo: "Esta é minha MÃE!" (nem que seja na sua camisola hehe).

Pegá-lo novamente e perceber que ele sorri quando você o aconchega para dormir no balanço do seu colo...

E quando você finalmente se distancia dele, deixando-o no bercinho, olha fixamente para aquela pequena criaturinha (chega até a chorar de felicidade) e diz: "Deus obrigada pelo meu presente, jamais poderei retribuir tamanha graça."


SER MÃE É MESMO PADECER NO PARAÍSO!



Entenderam agora?

segunda-feira, 8 de março de 2010

Dia Internacional DasLu

Pensando no Dia Internacional da Mulher, resolvi fazer um post especial sobre nós: as Luluzinhas!



Penso primeiro no início de tudo, aí lembro da figura de Eva (claro!), pra tentar ter uma noção de qual seria a nossa verdadeira essência: quem somos, porque somos, de quem somos, de onde viemos, pra o que viemos e pra onde vamos.

Prossigo agora buscando aquele famoso texto de provérbios, que descreve este ser tão singular e complexo que somos pra ousar fazer uma adaptação aos dias de hoje e não pensar que isto é algo tão impossível e inatingível.

Mas como sempre digo, minhas palavras aqui não são verdades absolutas, são só parte daquilo que EU penso, acredito, interpreto, percebo e recebo de Deus, das pessoas, da vida e das coisas ao meu redor.

Provérbios 31:

"10 Mulher virtuosa quem a achará? O seu valor muito excede ao de rubis."

Espero que o CT tenha encontrado hehe, fico aqui me perguntando em quanto estaria o meu lance hoje em dia. Não faço idéia do valor do rubi, mas deve tá caro pacas!

"11 O coração do seu marido está nela confiado..."
Me permito ficar tranquila total sobre isso. Que bom!

"12 Ela só lhe faz bem, e não mal, todos os dias da sua vida."
Bem, sei que não são todos os dias, mas quase todos, com certeza! (deixo espaço aberto pra ele comentar este post hehe)

"13 Busca lã e linho, e trabalha de boa vontade com suas mãos."
Essa é difícil, mas vou tentar contemporaneizar... Busca normas, legislação, processa, documenta e atende.

"14 Como o navio mercante, ela traz de longe o seu pão."
Desculpe a total falta de seriedade no comentário, mas vou à padaria e ao mercado aqui pertinho mesmo hehe

"15 Levanta-se, mesmo à noite, para dar de comer aos da casa, e distribuir a tarefa das servas"
Bem, só levanto às 6h30, mas faço muita coisa tipo... arrumar a casa, lavar e passar a roupa antes de sair pro trampo. E quando o povo da casa tem fome, cozinho nem que seja lasanha congelada. rsrs

"16 Examina uma propriedade e adquire-a; planta uma vinha com o fruto de suas mãos"
As casas que moramos (alugada, construida ou comprada) sempre eu que examinei mesmo. Agora, a parte da planta... não tenho nem em vazinhos, não passei nesse teste ainda. O mundo está menos verde e frutífero por minha culpa, tão somente minha culpa.

"17 Cinge os seus lombos de força, e fortalece os seus braços."
Desculpe mais uma brincadeirinha: não faço academia, mas tenho um volkswagen sem direção hidráulica e um filho de 4 anos que dorme muuuito pesado (vai transportar no colo pra você ver!). Preciso de mais alguma coisa?

"18 Vê que é boa a sua mercadoria; e a sua lâmpada não se apaga de noite."
Bem, compro coisas boas e baratas (tô tentando deixar o exagero do consumismo), só vendo/dou o que eu teria pra mim mesma e, finalizando o verso... lembro sempre de pagar a Eletropaulo! :)

"19 Estende as suas mãos ao fuso, e suas mãos pegam na roca."
Bem, não sei nem costurar... ah, mas olha a evolução: já prego botões, remendo a costura desfeita de camiseta e estou arriscando personalizar eco bags. (uau!)

"20 Abre a sua mão ao pobre, e estende as suas mãos ao necessitado."
Bem, essa parte é complexa. Umas das formas mais paulistanas seria dar grana no farol né? mas, isso não faço, só dou comida (uma bolachinha, um bombom da bolsa e tal). Tem algumas coisinhas que faço com prazer: roupas minhas, do marido e do filhote são sempre reaproveitadas (e não são caídas não); compro alguns itens de cesta básica para famílias atendidas pela comunidade que faço parte e ajudo a pagar uns remedinhos de um grupo de crianças portadoras de doença. (iiixii, tô longe do rubi nesta)

"21 Não teme a neve na sua casa, porque toda a sua família está vestida de escarlata."
Nessa meus amiguinhos me ajudaram este ano... Ganhei um aquecedor! uhuuuu

"22 Faz para si cobertas de tapeçaria; seu vestido é de seda e de púrpura."
Eita! Não tô valendo nada... não faço nada, só compro pronto. hihi

"23 Seu marido é conhecido nas portas, e assenta-se entre os anciãos da terra."
Ahhhh nessa eu tô bombando! CT entre os anciãos... hehe (ai tadinho!)

"24 Faz panos de linho fino e vende-os, e entrega cintos aos mercadores."
Vou pular esta, tá! Mas aguardem Lulus, que em breve Paulinha vai virar consultora/vendedora de moda feminina, viu!

"25 A força e a honra são seu vestido, e se alegrará com o dia futuro."
Amém!

"26 Abre a sua boca com sabedoria, e a lei da beneficência está na sua língua."
Bem, ainda não tô 100%, mas como Deus é muito misericordioso, já tô nos meus... 80! uhuuuuu

"27 Está atenta ao andamento da casa, e não come o pão da preguiça."
Nessa eu passei, realmente me identifico com as formigas.

"28 Levantam-se seus filhos e chamam-na bem-aventurada; seu marido também, e ele a louva."
Bem, só um filho no meu caso né e vou ter que perdoar o marido porque esqueceu de me desejar "Feliz Dia Internacional da Mulher" hoje hehe

"29 Muitas filhas têm procedido virtuosamente, mas tu és, de todas, a mais excelente!"
Hummm... medo de fazer essa pergunta pra minha mãe. rsrs

"30 Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao SENHOR, essa sim será louvada."
Ufa! Salva pelo gongo! =D

"31 Dai-lhe do fruto das suas mãos, e deixe o seu próprio trabalho louvá-la nas portas."
Aí é só correr pro abraço!

Obrigada, Pai, por eu ter nascido assim... Lulu! ;D

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Chorar com os que choram?

Relato que recebi hoje de uma amiga nossa, missionária em Florianópolis, e gostaria de compartilhar com vocês...

"DEUS COM SUAS MÃOS PREPAROU A TERRA

Em hospitais encontramos pessoas abertas para Jesus com muita frequência, mas também tem aqueles pacientes que ficam duros para qualquer mensagem do Senhor.
Naquele dia era o primeiro quarto a receber nossa visita. Olhei para o paciente e me apresentei, e ele de maneira rude falou:
- Já ouvi falar de ti. - Olhando dentro dos meus olhos, de forma grosseira - Não quero ouvir nada e não quero nenhuma oração, sai fora.
Levantou-se e saiu do quarto com passos firmes.
Naquela hora meus olhos encheram-se de lágrimas. E o paciente do lado disse:
- Bugra, tu realmente ama a gente, né!? Não liga pro cara, ele é grosso com todo mundo. Eu quero que tu ores comigo.
Enxuguei minhas lágrimas... a vontade era de ir embora e chorar muito, mas era hora de amar e perdoar. Assim começou naquele dia as visitas no Hospital Nereu Ramos, em Floripa.
Durante todo tempo, não esqueci o olhar daquele moço. Resolvi que brigaria para ele encontrar a paz de Cristo, não iria desistir dele.
Na outra semana, entrei em seu quarto, quando ele viu que era eu, se virou na cama, e mais uma vez não quis falar comigo. Orei com seu companheiro de quarto e li a Bíblia com aquele paciente ao seu lado.
Na outra semana voltei e antes dele "correr" comigo falei:
- Cara, na boa, sei que tu não tá a fim de oração, tudo bem, mas eu queria te dar um cartãozinho que os meus netos decoraram.
Ele abaixou os olhos para o chão e disse:
- Tudo bem! Coloca na minha gaveta.
E assim toda a vez que ia ao Hospital eu deixava um cartão na sua gaveta, isto aconteceu durante três meses. Quando abria a gaveta eu observava que ele não mexia nos cartões, mas já estava me cumprimentando, seu olhar já não estava tão duro, não virava o rosto pra mim. De alguma forma algo de bom entre nós estava acontecendo, estávamos ficando amigos.
As doenças oportunistas não davam trégua para aquele Jovem. Ficou meses internado, e eu nunca vi receber ninguém para visitá-lo. Aquilo entristecia meu coração.
Até que um dia, eu fui ao seu quarto como de costume, ele já estava bem mal, muito magro e abatido, normal dentro de um quadro avançado de AIDS. Ele então me falou:
- Bugra, cara, tu não desiste mesmo, né?
Eu olhei pra ele e respondi:
- Cara, Deus não desistiu de mim e nem de ninguém. Ele te ama.
Ele então disse algo tremendo:
- Bugra, eu li, todos os cartões que há meses tu põe na minha gaveta. Eu quero este Jesus. Eu estou morrendo e estou com medo, estou com medo de morrer e de viver.
Eu olhei para ele e percebi que Deus tinha feito de uma terra dura e árida, ficar fofinha e pronta para receber a semente da vida. Deus fez isto com suas próprias mãos! Ele naquela hora entregou sua vida a Jesus.
Ele já estava bem frágil, quando nos despedimos, ele disse:
- Bugra, acho que esta semana vou ir com o Pai, estou morrendo e indo para morar com Jesus.
Brinquei com ele e disse:
- Sem essa cara, espera mais uma semana.
Ele rindo respondeu:
- Cara, eu tô a fim de ir, te espero lá.
Oramos e fomos embora.
Na segunda-feira seguinte, o primeiro paciente a ser visitado foi ele. Quando cheguei, estavam limpando o quarto. Pensei que ele tivesse mudado de quarto e perguntei então para a enfermeira por ele. Ela disse:
- Bugra, ele foi a óbito.
Naquela tarde não visitei ninguém. Fui para minha casa chorar com Deus
."

E agora choro com ela também...

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

CARNAVAL

Começou com o fim da sexta-feira de muita chuva e não deu pra ir na primeira festinha do findi.

Aí veio o sábado que teve faxina, churras e... outra festinha! Niver de um filhote do coração.

Raiou a manhã de domingo e os Tibérius foram curtir seu dia em família. Primeiro... café da manhã completo com direito a banana frita e tudo. Depois fomos tirar o pijama pra colocar a roupa de guerra, digo, de banho (era hora da piscina). Vejam só a cara amassada da familia.


No domingo ainda, ganhamos uma carona que rendeu uma reuniãozinha da galera toda em casa, com direito a muita pizza, sorvete, fita com as imagens de Itapecerica, "camarote" da Unidos de Vila Maria e "estúdio" das Olimpíadas de Inverno hehe.

Aí a galera decidiu continuar com a animação na segunda-feira subindo à Pedra Grande na Serra da Cantareira.


E lá vamos nós com o kit básico sobrevivência do Tibérinhos, lanchinho, água, tênis e boné. A subida/descida foi longa e a fome apertou e decidimos ir a uma esfiharia que estava fechada! O jeito foi apelar para o boteco da esquina e encarar um PF. A fome era tão grande que todos aprovaram... Concorda??



Voltamos pra casa e tiramos uma breve sonequinha pra pegar um cinema à noite, mas o shopping tava abarrotado (isso é Sampa, mesmo no Carnaval) e decidimos mudar o roteiro para um karaokê. (Pausa para levar a Dani no hospital porque tava com enxaqueca, graças ao sol da Serra, tadinha!) Chegamos ao Karaokê e, pra nossa surpresa, fechava às 22h (isso já era 21h30 hehe). Mudança de planos novamente e fomos a um barzinho comer e beber alguma coisa.

Ao sentarmos à mesa, descobrimos que a gente tava na "boca do gargarejo" do showzinho "banquinho e violão" dum mano lá do lugar. Comemos, bebemos, conversamos e cantamos até a madrugada...

Lá vem, lá vem, lá vem de novo... como diria meu admirado RR (Renato Russo) e a terça-feira veio e mais uma visitinha (duas na verdade) pra almoço e cafezinho. E hoje, quarta de cinzas, o céu faz jus a sua cor, mas... tudo bem, tudo bem, tudo bem (da mesma música do RR) pq já fomos à piscina e curtimos o dia "mãe e cria". Será que ele cansou?? (não chegou a terminar o almoço hehe)




O feriado tá acabando, mas como diria Scarlet O'Hara, Penso nisso amanhã, amanhã é um outro dia...

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

O poder da História


Fazer parte da história, seja ela qual for, não é tão simples assim, mas é tããão bom...

O mais interessante é que, quando fazemos parte da história de algo, não é só aquela situação/lugar/pessoa que sofre o impacto, mas o "fazedor" de história é o mais atingido... sem dúvidas!

Pessoas me cativam, pessoas me motivam, pessoas me apaixonam, pessoas me surpreendem (sim, elas conseguem! rsrs) e pessoas me fazem simplesmente amar...

Gosto da companhia da solidão de vez em quando, mas gosto muuuuito mais estar rodeada de gente!

Olha só se eu não iria amar tudo isso aqui...















Família que escolhi para crescer e amar.
Definitivamente...
AMO MUITO TUDO ISSO!
bjin nos Amarelin Queridin!

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

uma Pessoa chamada João...

Hoje cedo, o maridon, sentado na mesa, tomando café, me fala assim...

"Nossa! Déjà vu. Só falta o Sérgio, Estela, Silmar, Sâmara e Samuel, porque o calor é o mesmo de João Pessoa!" (hehe)

Então... pra o momento nostalgia, aqui vai o registro da ocasião (há 5 anos!)


Destaque para o pequeno Samuquinha (ao som de "ôtralalalalalaôôôô")

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Sofia

(Se conselho fosse bom, a gente vendia e alguém comprava, né?!)

Esta semana teremos programação DASLU (DAS LUluzinhas) e pensando nos Bolinhas, decidi ajudá-los com algumas dicas do que fazer durante nossa ausência e encontrei vááárias opções (alguma deve servir rsrs):

- cuidar das crianças
- ir ao mercado
- ligar pra mãe
- dar um tapa na casa
- dar banho nos cachorros
- lavar a roupa
- limpar a geladeira
- arrumar as gavetas
- consertar o vazamento da pia
- comprar flores (ou chocolate) pra nós
- jogar paciência
- alugar e decorar o filme "Do que as mulheres gostam" (Mel Gibson/Helen Hunt)
- assistir programas "Mesa Redonda"
- baixar musiquinhas para o ipod
- visitar o amigo q também tá sozinho em casa hehe

Pura Sofia... :P

domingo, 3 de janeiro de 2010

Regulamento interno

Alguém mora ou já morou em apartamento?

É uma b-e-l-e-z-a! eu adoro, mas o problema é o tal do regulamento...

2010 começou com tudo, tudo mesmo.

Visita dos amigos e... reclamação dos vizinhos! :P

















E a gente tava tão comportado... pelo menos nessa foto (às 3h30) dá até pra acreditar... hehe

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

Show da Virada

Acordar num lugar especial com pessoas especiais pra tomar um café da manhã especial...

Refazer as malas com destino ao nosso cantinho especial...

Almoço, cochilo no sofá, assado, "fazeção" de unhas, banho, produção e nova partida...

Recepção calorosa, amigos fofos, comidinha dIlícia, devoção familiar particular (no quarto do anfitrião), banho gelado e melado, performance "dançarística", interpretação teatral e cafezinho ao crepúsculo.

Ipod envenenado: R$600,00
Jogo Imagem e Ação: R$ 60,00
Ter amigos animadinhos e felizes... Não tem preço!!!






Feliz 2010 pra vocês também, porque o meu já começou felizzzz...